15 de nov de 2010

Comandante do Corpo de Bombeiros repudia Jornalista Luis Torres

O jornalista Luis Torres, blogueiro do Portal Paraíba1, levado pelo ímpeto da parcialidade que toma conta da blogosfera, e não falo apenas dele, observem meus post também, amargou receber dezenas de comentários, grande parte de militares inconformados com suas palavras, acerca de um abaixo-assinado que circula nos quarteis de bombeiros do Estado pedindo a manutenção do comando-geral nas mãos do Coronel Ricardo Rodrigues.

Para o jornalista, que relatou sem conhecimento de causa, a iniciativa teria partido do próprio Coronél Rodrigues, quando na verdade, se tivesse averiguado com apenas dois telefonemas, teria publicado que o abaixo-assinado vem sendo realizado, sem interferências, pelos milhares de militares que viram na pessoa do senhor Ricardo Rodrigues, um exemplo de administração voltado para a humanização da corporação e, sobretudo, voltado para eficiência e diminuição dos gastos públicos que, no final, se reflete em melhoria em todos os sentidos, na prestação de serviço para a sociedade, civil ou militar.

Repasso os textos originais, o inicial, de Luís Torres, e a resposta do Coronél Rodrigues, que o jornalista foi obrigado a publicar:

Comandante do Corpo de Bombeiros legisla em causa própria e inicia abaixo-assinado para continuar no cargo após posse de Ricardo Coutinho

Essa vem de dentro dos quartéis. O Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, coronel Rodrigues, que é irmão de um dos oficiais ajudante de ordens do governador José Maranhão (PMDB), tem feito reuniões regulares com oficiais e praças da corporação e, ao final, passa um abaixo-assinado a ser entregue ao novo governador Ricardo Coutinho indicando sua permanência no cargo.

Não é isso exatamente, mas é, segundo minha imaginação, algo como “Coronel Rodrigues é o melhor para os Bombeiros”. Um exercício de auto sobrevivência digno de quem não entendeu que o governo é outro a partir do dia 1º de janeiro.

Até porque se a corporação realmente quisesse lutar pela manutenção de Coronel Rodrigues no cargo, faria abaixo-assinado espontaneamente. Sem precisar de pedido.

Luís Tôrres

************

Comandante Geral do Corpo de Bombeiros confirma existência de abaixo-assinado pedindo sua permanência, mas afirma que documento é ato espontâneo da corporação


O Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Rodrigues, enviou ao blog nota como Direito de Resposta à post veiculado neste espaço dando conta da existência de um abaixo-assinado para mantê-lo no cargo mesmo após a posse do governador eleito Ricardo Coutinho (PSB).

Na nota, o coronel Rodrigues, que recebeu solidariedade de boa parte dos leitores do blog, confirma a existência do abaixo-assinado, mas nega que tenha qualquer interferência sobre o documento.

Ao registrar que o abaixo-assinado é um ato espontêneo da tropa, Coronel Rodrigues afirma que desenvolveu trabalho moralizador na corporação.

Em nome do bom jornalismo, leiam na íntegra Direito de Resposta do Coronel Rodrigues. Reafirmos o que dissemos desde o começo: competência não se questiona. Mas se renova.

DIREITO DE RESPOSTA

Caro leitores

Me dirijo a todos com o coração contrito e um fardo imensurável de dor e constrangimento, diante das infâmias caluniosas e difamadoras contra mim perpetradas, divulgadas neste blog do LUIS TÔRRES, datado de 13 de novembro de 2010. Acredito que o nobre jornalista foi induzido por fonte não fidedigna na construção e difusão dessa noticia estapafúrdia e mentirosa e diante disso me vejo na obrigação de esclarecer os fatos e restaurar a verdade não apenas por mim, mas principalmente pela minha família, os cerca de 1200 bombeiros que represento e toda a sociedade. A matéria com tema e imagem pejorativos e 03 (três) parágrafos é um sofisma, sendo a única verdade no conteúdo o meu nome e existência de um abaixo assinado.

Tenho uma história de 44 anos vida e 25 anos de Bombeiros Militar pautados na cidadania e busca incansável e incessante da ética, respeito, legalidade, probidade, fraternidade e amor.

A fonte que alimentou o jornalista Luis Torres na elaboração desta matéria deve ser algum dos militares do Corpo de Bombeiros, insatisfeito com as medidas de moralidade, economicidade e eficiência adotados ao longo dos oito meses em que estamos a frente da Corporação. As quais resultaram no bem estar da maioria dos que fazem a nossa Corporação e em conseqüência na melhoria da qualidade dos serviços prestados a sociedade paraibana.

Não fiz formatura em nenhum quartel após as eleições e fiz sim uma reunião com os comandantes de batalhões e Cias pedindo a eles que se preparassem administrativamente para as mudanças que ocorrerão em janeiro e estabeleci um calendário de visitas a todos as unidades que ocorrerá na últimas semanas de novembro e primeira de dezembro, a fim de prestar contas das atividades desenvolvidas ao longo de meu período a frente do Corpo de Bombeiros Militar, fundamentado no principio da publicidade, transparência e legalidade.

Um dos sentimentos mais nobres do ser humano è a gratidão e de forma inédito e voluntária fui surpreendido com um abaixo assinado que circula nos quartéis de todo o Estado pedindo a minha permanência no Comando da corporação. Estou regozijado e emocionado com o ato praticado. O Comando de uma Corporação Militar que contraria interesses em muitas ocasiões se ver reconhecido e mais do que isso, os militares saem da passividade e se tornam ativos na expressão dos seus sentimentos. Não estou com intenções pessoais de me manter no Poder e sequer conheço pessoalmente o futuro Governador Ricardo Coutinho, visto que meu maior compromisso é com Deus, minha família, meus comandados, amigos e sociedade e com esses me sinto reconfortado do dever cumprido.

O que se vê hoje é um clima de fraternidade, tratamento isonômico e respeito com todos os que fazem a Corporação, fruto da humanização estabelecido pelo nosso Comando, não apenas como retórica, mas também como uma prática cotidiano no bom trato e na elevação da dignidade da pessoa humana. Quebra de um paradigma e priorização dos valores fundamentais na relação humana e profissional entre as pessoas. O poder utilizado para servir e não para ser servido!

Nobre Jornalista Luiz Torres espero ter esclarecido os fatos com a cristalinidade necessária. Vá pessoalmente aos quartéis do Corpo de bombeiros e pergunte de forma aleatória ao militar que encontrar lá ou na rua se em algum momento fui desonroso, mentiroso, desumano, injusto, preguiçoso ou pedi para assinarem um abaixo assinado para minha permanência no Comando Geral do Corpo de Bombeiros, muito menos realizei reunião para tal fim. O principio constitucional da ampla defesa é mister na construção de um juízo de valor que se possa recomendar a leitura de algum tema.

Ricardo Rodrigues da Costa- Cel QOBM
Comandante Geral do CBMPB

********

Blog do Luís Torres:
http://www.paraiba1.com.br/luistorres/

3 comentários:

George Martins disse...

Ah, e antes que me chamem de puxa saco ou por algum outro sinônimo, quero deixar bem claro que faço este comentário no texto de chamada para os do Luis Torres unica e exclusivamente por acreditar que administração pública tem que ser levada de maneira parecida com a forma que leva o atual comandante do CBM.

Como soldado recente, 2007, tenho diversos motivos para criticar o CEL Rodrigues, sobretudo no que tange à extinsão do curso de sargentos, mas não serei omisso ao ponto de não reconhecer que ele vem dando uma lição de moral em diversos administradores de dinheiro público por ai afora, e nao falo da corporação.

Antes de me taxarem de qualquer coisa que seja, aconselho que façam uma análise do que coloquei acima em contra-ponto com o que fazem gestores espalhados pelo município, estado e nação.

Então, se há um abaixo-assinado rolando, o que é fato, que assinem os que acreditam que essa gestão foi um passo à frente e não um retrocesso. E mesmo que ela tenha sido criada pelo comando, pelo menos eu, até agora, não fui forçado a nada, tal como minha escola foi, em 2007, em pról da separação BM/PM.

Anônimo disse...

O coronel Rodrigues é um marco no Corpo de Bombeiros da Paraiba, ele vem dando lições de moralidade, honestidade, cofiança e além de tudo a conquista de todos os bombeiros militares.

st bombeiros disse...

o coronel rodrigues - comandante geral do CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DA PARAIBA é o melhor comandante que já passei em toda minha carreira militar, nesse periodo de 20 anos. homem honesto, simples, humilde e acima de tudo humano.