19 de dez de 2011

Atenção, todos! Bico calado! O aumento é esse e ponto final!

Se valendo da falta de organização, de unidade, de apoio da sociedade e, sobretudo, do estatuto da Polícia Militar, que prevê que nenhum membro desta corporação poderá se reunir com pretensões de discutir melhorias nas condições de trabalho e salário (o que chamam de motim), podendo, inclusive, serem presos, o Governo do Estado lança mão do novo aumento para o funcionalismo público, com diferencial para esta categoria (desorganizada, desunida, desapoiada e dessindicalizada (neologismo???).
Como não fosse pouco atropelar a chamada PEC 300 da Paraíba, derrubando-a junto ao poder judiciário, e não cumprir a lei de remuneração aprovada na era Cássio, que previa um aumento de 15% lá em dezembro de 2010* (exatos doze meses atrás), o governador RC da Paraíba anunciou que o aumento para os policiais será dado em forma de gratificação, jogando pelo ralo uma conquista (também da era Cássio) que as unificava. Segundo o que diz matéria do G1 Paraíba, a PM receberá uma bolsa desempenho que terá variação entre R$ 260,00 e R$ 1.000,00.
Se o Governo da Paraíba fosse um veículo de transporte público, eu diria que ninguém segura esse trem!
(*) O aumento de 15%, previsto para o mês de dezembro de 2011, deixou de ser pago porque a famosa PEC 300 da Paraíba seria implementada no mês subseqüente. Dessa forma, com uma outra lei de remuneração, aquela primeira teria sido substituída. Em a segunda lei sendo considerada nula, a lógica previa o retorno da anterior, o que não aconteceu.Se o Governo da Paraíba fosse um veículo de transporte público, eu diria que ninguém segura esse trem!

Imagens editadas, retiradas de: http://clpompeu.blogspot.com/ e http://blogamos.com/