12 de fev de 2010

"KIT DO BRASILEIRO"‏

Acabo de receber um e-mail, tipo aquelas correntes, de um amigo. Só que não era exatamente uma corrente de pedidos milagrosos, religiosos. Era algo fantasioso. Trazia algumas imagens alusivas ao governo do presidente Lula, imagens de algumas ações desse governo.

Se me perguntarem o que eu acho de cada um, vou logo dizendo que, na época mais atuante da minha militância política era completamente contra, mesmo assim algumas verdades têm que ser ditas. Então, veja bem, coloco aqui o e-mail recebido, com as figuras e suas respectivas legendas, provavelmente feitas por um fanático tucano, possivelmente de memória fraca, uma vez que grande parte dessas medidas foi criada no governo FHC, e mais embaixo faço algumas observações sobre o assunto. Seguem:


-----------------------------------------------
e-mail (retirei o remetente):

De:Offline Xxxx Xxxxxx (XXXX@hotmail.com)
Enviada:sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010 1:38:14

Anexos: 8 anexos Baixar todos os anexos (107,8 KB)
ATT00001 (10,4 KB), ATT00002 (5,9 KB), ATT00003 (4,8 KB), ATT00004 (9,5 KB), ATT00005 (9,6 KB), ATT00006 (14,5 KB), ATT00007 (16,9 KB), ATT00008 (36,2 KB)

KIT DO BRASILEIRO

*Vai transar?*
O governo dá camisinha.


*Já transou?*
O governo dá a pílula do dia seguinte.


*Teve filho?*
O governo dá o Bolsa Família..


*Tá desempregado?*
O governo dá Bolsa Desemprego.


*Vai prestar vestibular?*
O governo dá o Bolsa Cota.


*Não tem terra?*
O governo dá o Bolsa Invasão e ainda te aposenta.


*Mas experimenta estudar e andar na linha pra ver o que é que te acontece!*



"Trabalhe duro, pois milhões de pessoas que vivem do Fome-Zero e do Bolsa-Família, sem trabalhar, dependem de você"


Se vc é brasileiro passe adiante.
--------------------------------------------------------


De pronto só me veio em mente responder da seguinte forma, tendo o cuidado de re-enviar a todos os destinatários que haviam recebido o e-mail juntamente comigo:


---------------------------------------------------------

De:Ocupado George Martins (ghemartins@hotmail.com)
Enviada:sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010 4:16:31

se você leu as piadas até o final deve realmente está indignado com tanta bolsa e tanta cota. Agora, que ver a coisa "fudê" de vez? Eleja um tucano aliado de um democrata. Ele vai fechar dezenas de maternidades, ai ninguém tem filhos. Vai privatizar as "Vale do Rio Doce", as "Embratel" (ainda resta a Petrobrás), vai estimular a demissão voluntária nos bancos estatais, vai forçar os Estados a manter a lei de responsabilidade fiscal, diminuindo os salários dos funcionários publicos e extinguindo os concursos. Ah, ele vai também sucatear as universidades federais, até convencer você de que o melhor é vendê-la, ai irão surgir milhões de faculdades de fundo de quintal pra compensar a procura pelo ensino superior. Como se nao bastasse, vai engavetar todas as ações contra os seus aliados e vai acelerar a votação da lei que garante um terceiro mandato.
Ai, depois de 12 anos, certamente, a classe média, chateada com as perdas, vai eleger outro governante comprometido com as causas sociais, e todas essas políticas, transformadas em piada, terão que ser colocadas em prática novamente pra compensar o massacre de mais de uma década. Até organizar tudo, o Brasil ganhar respeito novamente lá fora e, quem sabe, a população não precisar mais do Governo pra se manter.


É isso!
--------------------------------------------------------


Embora tenha respondido às pressas, indignado com a capacidade que as pessoas têm em receber esse tipo de informação e não processá-la, remetendo-a à sua lista de contatos, gerando assim as famosas correntes, decidi que apenas as palavras que escrevi como resposta seria postado neste espaço.


Mas, esqueci de um detalhe. Um termo usado nas legendas me chamou bastante atenção: “Bolsa Invasão”. Esse termo é geralmente usado pela mídia (burguesa) para tirar o foco da questão propriamente dita, contextualizada ali na luta pela terra. Invasão, se você escrever no Microsoft Office Word 2003, clicar com o botão direito do mouse e ir até “Sinônimos” vai ter uma visualização rápida do que ela realmente significa, e ai me vejo a vontade agora para perguntar se “colonização” é realmente feita por trabalhadores ou, de fato, quem são os invasores!


Bastam alguns minutos de reflexão para que não caiamos em contradição com nosso próprio povo e saiamos defendendo grupos fechados de exploradores, latifundiários e, se me permitem o desabafo, filhos da outra!

2 comentários:

lili disse...

Só tenho duas alternativas para definir pessoas que reenviam esse tipo de corrente, que por sinal também passou pela caixa de e-mail, ou elas não entendem nada de política e reenviam só para sacanear o goverso porque acharam a piada engraçada ou pensam que entendem de política e não são nenhum pouco comprometidas com a situação da pobreza no nosso país. Será que essas pessoas, caso estivem na presidência, saberiam resolver esse dilema? Tenho minhas dúvidas =P

paloma disse...

é isso ai George, melhor resposta que a sua não existiria, temos mais é que repassar o email (com a resposta)!