28 de jul de 2010

Onde estão?

Desde que estudei um pouco de psicologia, percebi que sou um observador de pessoas. A começar por observar a mim mesmo.

Observo pessoas, grupos e suas atitudes e, recentemente, nas minhas andadas pelo interior da Paraíba, observei o comportamento de eleitores, de cabos eleitorais e, por que não dizer, de fanáticos? Constatei um fato curioso! Ricardo Coutinho, ele de novo, promoveu algo de estranho entre os eleitores, neste ano.

Apesar de ainda haver dezenas de pessoas que torcem pelo sucesso do “Mago”, os ricardistas de carreira, não aqueles que detiveram, ou detém ainda, cargos privilegiados na prefeitura da capital, mas aqueles que votaram em RC desde os primórdios e hoje amargam seus PS's, agarrando-os com unhas e dentes, tendo INSS recolhidos e não pagos..., ainda não é possível ver uma campanha do tamanho da expressividade de uma das maiores lideranças políticas que João Pessoa já produziu.

Ainda sobre minhas observações, devo dizer que as faço e tão logo observo, processo uma conclusão sobre tal comportamento. E voltando às eleições para governo do Estado, eis que me recaio, agora, na seguinte dúvida: estariam os ricardistas com vergonha de exibir em seus carros os adesivos contendo RC e RG, um ao lado do outro, de deixar pintar seus muros com os respectivos nomes dos candidatos a titular e vice para o executivo estadual? Ou simplesmente a campanha ainda não deslanchou?

6 comentários:

Flávio disse...

Sempre tive duas certezas na política. Votar em Ricardo Coutinho, e não votar no PSDB. Nessas eleições, tive que abdicar de uma delas. Não votarei em Ricardo. Infelizmente, Ricardo Coutinho provou que são todos iguais. Resolveu jogar junto com todos aqueles que ele mais condenava. Já diziam os antigos: Diz-me com que andas e eu te direi quem és.

David Soares disse...

Desde que se tornou vereador, RC conseguiu ser porta voz de anseios populares. O estranho era a existência de um coletivo chamado "Ricardo Coutinho", meio que culto de personalidade, não é?

O fato é que esse traço da nossa política, o personalismo, está radicalizado no fenômeno "ricardismo". O ricardista clássico parte de uma premissa: Ricardo não erra! A propósito, quem nunca ouvi a frase "O PT traiu Ricardo", como se toda uma coletividade devesse estar voltada para um indivíduo. Aliás, RC siu do PT para ser candidato pelo PSB, não foi expulso.

Eleito em 2004 com toda a mística da mudança, algo que foi construido coletivamente, RC fez aliança com o PMDB contra o PSDB/DEM. Depois, em 2006, votou e fez campanha para o PMDB contra o PDSB/DEM. Em 2008, foi reeleito ainda com o apoio do PMDB, PT, PCdoB e partidos da base aliada ao presidente Lula, contra o PSDB/DEM. E agora, está aliado ao PSDB/DEM para tentar virar governador. Essa incoerência aponta o seguinte: RC e seu coletivo não têm projeto de sociedade, têm projeto de estar no poder. Não importa a questão nacional. Serra for presidente, mas RC governador, o ricardista está satisfeito.

Como nem todo mundo é ricardista, a grande maioria, ao ver a ziguezagueante trajetória de RC, tem reforçada a idéia que político é tudo igual, que não vela a pena ter esperanças de mudança, porque no fundo todos fazem de tudo para ganhar eleição.

Triste de um povo que precisa de heróis. Personalidade vêm e vão, que fique sempre a organização popular.

Erick de Almeida disse...

E o PT tem projeto de que?

Se aliar com Sarney, Temer, Collor e etc? No Maranhão aconteceu algo interessante... Lula e Roseana Sarney no mesmo palanque, apesar de Roseana Sarney ser do Democratas na época. E o pior, Jackson Lago ser da base aliada do governo Lula... Depois Jackson Lago foi cassado. Nem imagino por que! José Sarney o dono do Brasil e do Judiciário... Ou vai me dizer que desvios de condutas durante as campanhas políticas não aconteceram no clã Sarney? Aqui na paraíba a mesma coisa. Zé maranhão, o rei da paraiba, tem total influência nas decisões judiciais... Ou vão me dizer que é justo a lei ser aplicada apenas para um lado? É justo zé maranhão pousar de ficha limpa hoje em dia? Por favor, vocês parecem crianças birrentas querendo brigar com uma realidade que existe no Pais todo. Aliança é pra ser feita... Ou só Lula e o PT tem direito de usar estes artifícios para ganhar eleições?

O PT não existe mais... É Lula que sustenta o maior partido do Brasil.

George Martins disse...

Viva as alianças, né Erick? interessante é ver o discusso mudar pq a estrela q era vermelha, ficou laranja e azulou de vez!

a conjuntura pode explicar uma ou outra aliança, mas não é consenso dentro do PT q essas alianças tenham sido boas, ou necessárias. apesar de alguns terem sido atropelados, houve disputa ideologica dentro do partido dos trabalhadores, houve debate, houve alguma chance dos q foram contra se colocarem.

houve isso no PSB? eu lembro do famoso: "O psb não é o partido da mãe joana. quem estiver insatisfeito que procure outro!" bem grande do presidente estadual.

abraços

Anônimo disse...

ochente, deu o carai agora.
ai ricardo coutinho vai isentar as merda que ele faz só por que o pt e lula fizerão?

acho que ele é bem grandinho pra tá mandando o povo dele dizer que fez por que lula já fez um dia.

fez aliança com o demonio e com o psdb aqui na paraiba por que ele tem um projeto só pra ele. o egoísmo de ricardo coutinho cavou a cova dele. e não venham dizer que ele nao tinha outra alternativa não. por que ele é o rei, ele pode tudo, inclusive dá um tiro no pé, como fez agora.

Erick de Almeida disse...

Meu querido, eu sou totalmente favorável a uma reforma política profunda! Mas nenhum dos candidatos falam mais nisso... Alias só quem fala nisso é o Plínio Arruda do PSOL. Agora gostaria de deixar claro uma coisa... Essas forças políticas com as quais não concordamos existem! E no atual sistema eleitoral é impossível sair imune destes enlaces duvidosos. Cássio Cunha Lima é a maior liderança eleitoral do estado. Nos podemos achar isso horrível, mas é um fato... e temos que governar com ele, ou com Maranhão... Essas figuras vão sempre existir. Lula é provou que é possível fazer algo interessante, apesar das alianças espúrias!

Ricardo Coutinho foi a melhor experiência administrativa que a Paraíba já viu... Não tem como negar isso.